domingo, 30 de novembro de 2008

Comodoro Rivadavia

Nesses dois últimos dias o progresso quilométrico em direcao ao sul foi grande. De Trelew, foram 205 km (com vento na cara) ate um pueblo que se resumia a um punhado de casas e um posto de combustível, chamado Garayalde. Montei minha barraca no posto. Deu pra dormir legal, mesmo tendo o barulho de um gerador, ou melhor, três geradores, como companhia. Hoje foram mais 195 km, sendo mais da metade tb com vento de frente, até aqui: Comodoro Rivadavia. Cidade até que grande e bem bacana! Engracado é que ao final havia uma serra que segundo as placas tinha 12 km (nunca confie nas placas, muito menos nas informacoes de frentistas!). Ah sim, a serra foi feita descendo. Bah, nao sabia que estava tao alto. Vi quando cheguei a Puerto Madryn que estava por volta de uns 200 metros acima do nível do mar. Mas aqui devia estar por volta de uns 500 antes de baixar para a cidade. A água da praia é de um azul nota 10!!
Amanha o trecho vai ser curto, até a cidade de Caleta Olivia, distante 78 km. Bom, depois disso há mais um pueblo (Jaramilo) e entao sao 256 km´s sem nada até a próxima cidadezinha (Puerto San Julian).
Por hoje vou ficar nisso, que apesar de muito bonitinha, aqui estao metendo a faca por uma hora de net. Módicos 6 pesos. O máximo que tinha pago até agora eram de 3 pesos/hora.
Abracos.

3 comentários:

Anônimo disse...

Oi primo!
Tô de mapa na mão,é chão pela frente.
Um beijão
Sílvia Maria

Anônimo disse...

Oi, Ricardo, tudo bem? Família unida dando força... Estou sem mapas, atlas, nada, já foi tudo para Fpolis. Aqui estamos todos ilhados. Henrique, pelo norte, não pode ir até à ilha e eu, daqui de P.A. também não posso passar, por causa dos deslizamentos de barro sobre as estradas. Falta muito para Rio Galegos? Acho que sim, não é? Te cuida e muito protetor solar, visse?...
Um abraço e um beijo da mãe.

João Paulo Saboia disse...

Tá evoluindo legal hein...
Pelo jeito pode até voltar antes, se quiser.
Té mais e bos sorte, guri!