domingo, 7 de dezembro de 2008

Rio Gallegos


Aqui vai um breve relato dos últimos dias de viagem, que com certeza foram os mais casca grossa até agora!! Saindo de Puerto San Julian, dia 5, tomei rumo para Piedra Buena, as primeiras duas horas de viagem foram tranquilas, mas depois o vento contra veio mostrar um pouco de sua força. Nas últimas horas de viagem era 11 km/h e fazendo uma força desgraçada!! Fui para o camping da cidade. O mais bonito e bem alocado até agora. Bom, mas tudo tem seu preço, e o dele era o preço de Hostel. Ia fazer um dia de descanso aqui, mas nao deu. Fim de semana é muita bagunça nos campings, e dormir e uma das últimas coisas que se consegue fazer. Dia 6 segui entao para uma pousada que havia 105 km mais ao sul. Ou era isso ou 240 até aqui, Rio Gallegos. Parti tarde, as 10:30, meio que se repetiu o menu de ontem. As primeiras duas horas estava tranquilo. Na verdade era porque estava em um vale, ai tu vais subindo para planície e ai já viu. Vento e mais vento! Nesse dia um pouco mais forte. Chegando na pousada comi algo e fui descansar. Nem preciso dizer que tudo muito caro, porém justificável. Local isolado, energia a base de gerador e por aí vai!
A estratégia do dia seguinte foi levantar mais cedo que de costume, as 4 da manha pra ver se ao menos nas primeiras horas pegava um vento mais manso. Em parte funcionou. As 7 da manha a briga de foice começou de verdade!! Vento lateral jogando a bike de um lado pro outro. Mesmo sendo lateral as velocidades ficavam por volta de 11/12 por hora, isso no plano. Bom, mas ainda tinha mais...rsrsrs. Mais para o final do trecho onde a estrada mudava um pouco de direçao e ai sim ele ficava quase frontal, a velocidade era na casa unitária!!! Acredite!!! Duas, tres horas andando a 8/9 km/h!!! Ao menos o dia estava bonito e nenhuma quebra ou coisa parecida aconteceu com a bike.
Imagine OITO QUILOMETROS POR HORA!!! Nao sei qual a velocidade de uma pessoa caminhando, só sei que uma vez que corri uma maratona em 2005 minha velocidade era bem maior que isso!!! É engraçado tu ver uma placa dizendo que algo está distante 5 km e demorar mais de meia hora pra chegar....é uma nova fronteira!!! No final nem me preocupava mais e por vezes me pegava rindo de alguma besteira que estava pensando, e o velocimetro lá no um dígito!!! Ao menos nos 26 km antes de Rio Gallegos a estrada dava uma guinada de uns 45 graus e ai a coisa mudou de figura...era de 30 pra cima!! Aqui em Rio Gallegos fui no caming mas estava fechado. Uma pessoa me recomendou um outro local, fui pra lá. Era um sítio na verdade onde se alugava para festas. No fim a proprietária me arrumou uma peça para dormir. Hoje ( dia 8) fui procurar um outro lugar, por sinal é feriado na cidade. Encontrei um Albergue onde ficam os esportistas quando tem alguma competiçao por aqui. Pena que nao dá pra cozinhar no local, ao menos é sem custo.
Estou achando que vou ficar aqui ainda por hoje e amanha tb. Preciso levantar mais informaçoes do trecho que está por vir. Acho que preciso trocar alguma grana por pesos Chilenos, já que para se chegar a Ushuaia por estrada tem de se passar pelo Chile. Ah sim, e preciso descansar, pois os 3 dias de vento de frente foram de matar!!!
No local onde a estrada mudava de direçao perto daqui, encontrei um cicloturista japonês!!! Aquele sim é maluco de dar nó! O filho da puta nao falava uma palavra sequer de espanhol, e pasmem, nenhuma de inglês também....hahahaha. Aquele sim vai comer fogo!! Só sei no final das contas que nao sei porque o "ninja" tirou um ovo da jaqueta e colocou na minha cestinha na frente da bike. Só me perguntava: Será que está cozindo?!? Bom, ficou ali na cestinha junto de outras coisas e acabei esquecendo. Nas minhas andanças pela cidade procurando o camping passei em uma lombada meio rápido e o ovo ejetou da cestinha e foi pro chao. Pergunta respondida. Estava cozido, e estava muito bom tb....rsrsrsrs

7 comentários:

Marcelo disse...

Meu Amigo Ricardo,

espero pelos seus relatos animados a respeito das tuas aventuras por terras de grandes latidudes...

espero que tudo esteja bem

te encontro no ushuaia (se o naviu não afundar)

falow

forte abraço

marcelo

Anônimo disse...

Oi, Ricardo, estes últimos dias têm sido meio estressantes para mim, por causa do ap. mas hoje tu me fizeste dar risada, com a história do japonês e do ovo... Continua asim com teu humor, que o vento nem vai te incomodar mais. Não esquece que em Punta Arenas, o vento sopra constante, a uns 50, 60, por hora....Um beijo da mãe.

Janete disse...

Putz! Só faltou chover. ahuahauhahua Descansa um pouco rapaz. Me matei de rir com a do japonês, o povo não acredita quando eu digo que conheço um cara que foi pra Ushuaia de bike, imagina se eu complementar a história: conheço um cara que foi pra Ushuaia de bike, encontrou um japonês que não falava espanhol nem inglês que deu pra ele um ovo de presente. ahuahuauhauha Se cuida. Beijão!

Anônimo disse...

Mas O ovo so poderia ser de aperitivo né? +/-tamanho de codorna ?
vindo de japoneis,

Abraço Ricardo Boas Pedaladas !!!

Paulo disse...

Insista, persista Ricardo! q os prox trechos recoloquem a cabeça no lugar,pois até ovo de japa tais comendo rsrsrsr. Pra ti dizer q o vento tava Fd fico imaginando....
Hei tdo certo subida rio da rastro dia 21, novamente cerca de 22 pessoas. Previsão p/ 2009 1 maratona e uma loucura d final de ano.Sorte sempre

João Paulo disse...

Opa, tava esquecendo de postar um parabéns aqui também, hehe...
Parabéns guri!
Primeira grande etapa concluída!

BOLINHA disse...

HAUAHUAHU

PQP! Vc devia ter aproveitado o sal que escorre da testa e temperado o ovo. :-D