terça-feira, 30 de dezembro de 2008

Ano velho, ano novo

Bom, amanha vou seguir viagem. A idéia é chegar ao parque Torres del Paine e acampar por lá. O visual é impressionante, mas o tempo tem de colaborar, obviamente!! A pausa de hoje valeu para evitar que minha garganta que estava querendo ficar inflamada se recuperasse (ou nao). Aqui nesta regiao o tempo é bem diferente daquele do litoral argentino. O denominador comum é somente o vento forte. As médias de precipitaçao pluviométrica anuais por aqui sao de mais de 1000 mm.
Acredito que pelos próximos dias internet vai ser algo meio difícil de encontrar. Espero que na próxima postagem possa colocar fotos quase que surreais!!!
Quanto ao ano novo, nem vou comentar nada, pois o calendário que uso é outro...rsrsrs
Um abraço.

5 comentários:

Tati disse...

Hola!

Minha mensagem anterior se perdeu.

Bem, passei para dar uma olhada! Hoje estou em Buenos Aires. Cheguei há pouco! Nem vou dizer a saudade que já estou do Chile, mesmo lembrando do frio!

Bom, se cuida por onde estiver!

Que le vaya muy bien!

Beijo

Ass: Tatiana_Brasileira_S.Paulo_Hostel P. Arenas!!!

Janete disse...

Ricardito dei gargalhadas com a manjedoura, só faltaram os reis magos. huahuahuauha Cuidado aí com o vento. Que a sua passagem de ano seja tranquila e que em 2009 você realize mais super aventuras. Abraço! Boa sorte!

Paulo disse...

Q virada!!! típica, essa d teu calendário foi excelente rsrsrsrs Hei e como andam suas previsões! Marlon comentou q t espera pra fevereiro em Santiago, Contente em saber q tudo corre dentro de certa normalidade. Prestasse bem atenção nas ovelhas, hummm ate fotos..... rsrsrsrsrs quardasse os endereços!

Chiquinho disse...

Como o meu calendário é o normal...
Feliz ano novo brother e boas pedalas pra vc!!
Abração

joaonegao disse...

hahahahahahahahahaah
outro calendário gaudério??
de qualquer forma, te desejo um feliz ano novo, e que 2009 venha com bons ventos (tá meio difícil né?! rsrsrsrsr), e que tenhas sucesso na volta assim como tivestes na ida.
abraço forte por trás pra não perder o costume